Festival de Arte e Sexualidade, 2021

O RISO E O LADO OCULTO DA SEXUALIDADE FEMININA


O Festival de Arte e Sexualidade é um projeto temático e anual que visa incentivar e viabilizar a investigação e o estudo da sexualidade por meio da criação e experimentação poética e artística. Assim como, dar visibilidade ao trabalho artístico-cultural e intelectual acerca do corpo, sexualidade e prazer entre áreas de pesquisa e expressão diversas.

Teaser de lançamento do Festival de Arte e sexualidade, 2021.



A 1ª Edição do Festival de Arte e Sexualidade, O riso e o Lado Oculto da Sexualidade Feminina, encerrou no dia 17 de junho de 2021! Foi um mês de atividades maravilhosas: espetáculos de cenas curtas, exibição de performance, vivências, oficinas e grupo de estudo! Esse vídeo é um gostinho de tudo o que foi essa Edição! O vídeo foi produzido por @papelícula (https://www.instagram.com/papelicula/)



Ficha técnica


Oficinas

Oficina Imersão de Burlesco - Aline Esha

Oficina Corpo inteiro: Voz, som, respiração e corporalidade - Jaya Devi

Oficina Movimento Pélvico - prazer e criatividade - Tamira Marinho e Cláudia Auharek

Oficina Mergulho Drag Cuir - Eli Nunes


Vivências

Vivência Despertar da Deusa Suja - Felícia de Castro

Vivência Viva Pelve - Dora Selva


Grupo de Estudos - Prazer da Palavra

Meu corpo, meu prazer - Leandrinha Du Art

Palavras lubrificadas para uma chupada poética - Fernanda Branco Polse

A poesia erótica feminina: uma seleção - Eliane Robert Moraes

Literatura Erótica Feminista Negra - Jackeline Romio do Coletivo Louva Deusas


Espetáculos

Prazer é ciclo

Cenas: Relato de uma Vagina | Prem Vagina - Luba Monstra | Luba - Felicidade | Palhaça Provisória

Mestre de Cerimônia: Mayke | Michelle Sá


Mulher Inconveniente

Cenas: Calor na BAcurinha pocket | Bacurinhas - Colar com Mulher | Michelle Sá - O relatório Hite um profundo estudo sobre a sexualidade feminina | Lu lopes

Mestre de Cerimônia: Ídylla


Gozo das corpas

Cenas: Quero ser Deusa | Debita - Figura Graciosa | Ana Clara Sousa - Sem tarja | Tais Daher

Mestra de cerimônia: Júhlia Santos


Cabaré das Divinas Tetas

Cenas: O Banho | Daniela Rosa - Profecia Zer0 | Eli Nunes - Flerte e Dance | Adriana Morales - A faquiresa | Dagmar Badê


Equipe técnica


Idealização Catarina Maruaia e Lina Mintz ​ Coordenação de Produção Lina Mintz ​ Identidade Visual Ami - comunicação e designer ​ Assessoria de Imprensa Paula Granja ​ Coordenação de Comunicação Catarina Maruaia ​ Tráfego e automação Alan Marques ​ Vídeo Papelícula


Transmissão ao vivo Direção de Fotografia, montagem e cor.​ Kleber Bassa. ​ Câmera Kleber Bassa e Lalysson Marciel ​ Luz e cenografia Régelles Queiroz ​ Produção executiva de set Flor Barbosa ​ Fotografia Lina Mintz ​ Curadoria Se Toque


Realização O Festival de Arte e Sexualidade é uma realização do Se Toque, iniciativa de experimentação e estudo em arte e sexualidade, que atua em projetos culturais e sociais desde 2014. O Festival foi realizado com recursos da Lei Municipal de Incentivo a Cultura de Belo Horizonte. Projeto 677/2020. ​




Sexo é um pontinho de luz na noite estrelada do cerrado.        Sexualidade é o céu inteiro.                   Sexo é um pontinho de luz na noite estrelada do cerrado.        Sexualidade é o céu inteiro.