Uma mão segura um pequeno arranjo de flores. No fundo um verde fruto de plantas em desfoque.

Nossa produção artística, cultural e interdisciplinar atua na promoção da saúde das relações humanas, prevenção e estancamento das violências sexual e de gênero e no empoderamento do indivíduo.

O Instituto Se Toque é uma iniciativa de experimentação e pesquisa em arte, gênero e sexualidade idealizado pelas artistas Catarina Maruaia e Lina Mintz.  Inaugurada em 2014, oferece oficinas, vivências, projetos artísticos e culturais para mulheres, corpos dissidentes e jovens, visando abrir espaços de diálogo e reflexão sobre os temas. Em 2021 a iniciativa se institui como Organização sociocultural da sociedade civil (OSC) firmando o compromisso com a missão de promover o encontro entre arte, saúde e prevenção de violências.  

Durante esses 7 anos,  até a sua formalização a iniciativa atuou diretamente com o público em projetos pontuais e continuados da Assistência Social, da Cultura, da Segurança Pública, e ainda em Escolas e OSCs, sempre trazendo a experimentação artística e abrindo espaço para a reflexão de assuntos ainda considerados tabu em nossa sociedade.

O Instituto

Objetivos

Promover ações culturais, artísticas e formativas que beneficiem mulheres, corpos dissidentes e adolescentes entre 13 e 17 anos na prevenção à violência sexual e de gênero, no desenvolvimento do protagonismo e empoderamento, priorizando aqueles em situação de vulnerabilidade social. 

Entende-se como urgente a realização de propostas que atuem na valorização e conscientização da sociedade, assim como das que implementam  consciência e abertura para a construção de visões positivas acerca da sexualidade e das relações de gênero apontamentos trazidos pela Agenda 2030 de Desenvolvimento Sustentável proposta pela ONU, no Objetivo 5 que consiste em 'Alcançar a igualdade de gênero e empoderar todas as mulheres e meninas' e no Objetivo 3. 'Assegurar uma vida saudável e promover o bem-estar para todas e todos, em todas as idades', objetivos que o trabalho do Instituto Se Toque se alinha.  

Histórico

Gestoras

Lina Mintz é retratada do busto pra cima. Cabelo preto ondulado, camisa de alça preta, brinco de argola. Leve sorriso.

 Lina Mintz 

Diretora executiva - financeira
Fotógrafa e gestora cultural, seu trabalho é desenvolvido a partir do encontro, da criação conjunta com mulheres e realizações criativas diversas. Atua desde 2008 na gestão de grupos e coletivos artísticos culturais, adquirindo amplo repertório em processos compartilhados. Em 2013 inicia seu caminho com a fotografia, no qual investiga os corpos, as individualidades e potências das singularidades. Graduada em artes visuais, especializada em gestão cultural, é curadora e coordenadora das atividades do Se Toque.
  • Instagram
Conheça mais
Catarina Maruaia é retratada do busto pra cima. Blusa verde água de gola alta. Cabelo solto preto até os ombros, ondulado.

 Catarina Maruaia 

Diretora Presidente
Mineira, 33 anos, casada, mãe de Heitor, Heron e Luanda. Catarina Maruaia é
artista visual e pesquisadora. Investiga o encontro entre 
arte, saúde e saberes populares tradicionais. Atua desde 2013 em projetos socioculturais e atualmente é especializanda em Saúde do Adolescente pela Faculdade de Medicina da UFMG. Idealizadora do Se Toque, atua como Coordenadora da Comunicação dos projetos, Curadora e  Orientadora das atividades artísticas formativas com os adolescentes. 
  • Instagram
Conheça mais

Sexo é um pontinho de luz na noite estrelada do cerrado.        Sexualidade é o céu inteiro.                   Sexo é um pontinho de luz na noite estrelada do cerrado.        Sexualidade é o céu inteiro.