Convocatória Aberta para artistas!

Inscrições abertas de 07 a 27 de fevereiro de 2022 para a composição de programação da 2ª Edição do Festival de Arte e Sexualidade - Corpo: Território Decolonial.


SOBRE


A proposta do Festival de Arte e Sexualidade nasce do desejo do encontro com outras iniciativas, artistas e ativistas de interesses e habilidades afins e/ou complementares ao trabalho e pesquisa realizados pelo Se Toque.


Em 2021, é realizada a 1ª edição do Festival de Arte e Sexualidade com tema: 'O riso e o lado oculto da sexualidade feminina', ofertando oficinas de experimentação corporal, grupo de estudo poético-literário, espetáculos e rodas de conversa com as artistas. Realizado através da Lei Municipal de Incentivo à Cultura da Prefeitura de Belo Horizonte.


A 2ª Edição do Festival de Arte e Sexualidade com tema 'Corpo: território decolonial', visa realizar atividades de apreciação artística, oficinas, grupos de estudo, seminário prático, publicação virtual e manutenção de um site/blog para armazenar e compartilhar o conteúdo gerado.


O festival tem como eixo central a experimentação e a compreensão do corpo e da sexualidade feminina sob a ótica dos saberes/estudos decoloniais e de experiências tidas como desviantes, por meio do encontro de várias linguagens artísticas e linhas de investigação.


O projeto será realizado durante o primeiro semestre de 2022 entre 18 de abril e 15 de maio e terá programação presencial e virtual atingindo um público amplo e descentralizado.


Todas as atividades do festival serão oferecidas de forma gratuita e grande parte da programação será disponibilizada gratuitamente para o público em geral nas redes sociais, site e e-mail do projeto.



PROCESSO DE INSCRIÇÃO E SELEÇÃO


A inscrição para as categorias previstas no Edital de convocatória para artistas - 2ª Edição do Festival de Arte e Sexualidade. 2022 Corpo: Território Decolonial é isenta de qualquer taxa. Para realizá-la, a candidata deve preencher o formulário da respectiva categoria de interesse, disponível nesta página. Os interessados deverão observar os pré-requisitos como idade mínima, local de residência e tempo de atuação na área.

A inscrição e seleção dos trabalhos serão realizados virtualmente para todas as categorias.

A seleção será realizada pela curadoria tendo como orientação a linha curatorial da 2ª Edição, Corpo: Território decolonial. As inscrições podem ser realizadas do dia 7/02 até 27 de fevereiro de 2022 às 17:00 horas. O resultado final será publicado no site do Instituto Se Toque no dia 9 de março de 2022 e enviado por email a todas as inscritas. Após aprovação dos trabalhos, as candidatas selecionadas deverão preencher o formulário enviado anexando a documentação solicitada para o bom andamento das propostas.



Edital e Formulário de inscrição


Edital de convocatória para artistas - 2ª Edição do Festival de Arte e Sexualidade. 2022

Corpo: Território Decolonial




Formulário de inscrição

Categoria 1

Sarau




Formulário de inscrição

Categoria 2

Exposição Digital






Festival de Arte e Sexualidade - Projeto anual temático que visa incentivar e viabilizar a investigação e o estudo da sexualidade por meio da criação e experimentação poética e artística. Assim como, dar visibilidade ao trabalho artístico-cultural e intelectual acerca do corpo, sexualidade e prazer entre áreas de pesquisa e expressão diversas.


Instituto Se Toque - Instituto de arte embasado em produções colaborativas que discutem sexualidade, corpo e gênero e, promovem a interconexão de saberes. Desenvolve ações artísticas, culturais e interdisciplinares atuam na promoção da saúde das relações humanas, prevenção e estancamento das violências sexual e de gênero e no empoderamento do indivíduo.



+ INFORMAÇÕES


Dúvidas e outras informações pelo e-mail: producao.setoque@gmail.com

Acompanhe nossa programação pelo site www.setoque.art/festival-de-arte-e-sexualidade

e siga-nos nas redes sociais @setoque.art


Sexo é um pontinho de luz na noite estrelada do cerrado.        Sexualidade é o céu inteiro.                   Sexo é um pontinho de luz na noite estrelada do cerrado.        Sexualidade é o céu inteiro.